Arquivo da tag: Brasil

Se Star Wars fosse no Brasil…

10. A imprensa lembraria todos os dias que a Aliança Rebelde se juntou a Han Solo, um contrabandista, sonegador de impostos, que trabalhou para o terrível Jabba, o Hutt (pouco importa que Jabba tenha prestado também uns servicinhos para o Império). Ah sim: e que matou friamente o inocente líder comunitário Greedo!

9. Um influente político do Senado Galáctico se recusaria a debater com Luke Skywalker, pois afinal este é apenas “um jovem de 19 anos”.

8. Todas as compras da Princesa Leia e seu jeito de vestir seriam exibidos e criticados. Desde logo, como princesa ela não passaria de uma “coxinha” mimada cheia de si.

7. Os Cavaleiros Jedi seriam temidos pela intelectualidade chique, pois afinal são uma ordem antiga e tradicional que mistura religião com política. “O Império é laico!”.

6. Fãs entusiastas do Império louvariam a faraônica obra da Estrela da Morte, mesmo se conduzida por empreiteiras cujos líderes estão congelados em carbonite. E apesar de a Estrela da Morte ter sido usada uma única vez, os militantes ainda diriam: “e se não gostou vão ter DUAS!”.

5. Seríamos lembrados dia e noite que o Chanceler Palpatine foi eleito no voto. “Não vai ter golpe!”.

4. A cada ação da Aliança Rebelde, seriam consultados os calendários de todos os milhares de planetas até que fosse achado algum tenebroso momento histórico para emplacar como sua verdadeira motivação.

3. A crise econômica resultante dos enormes gastos do Império para se manter no poder seria retratada como fantasia, ou como um fenômeno espontâneo sem responsáveis.

2. O Imperador Palpatine teria um perfil “engraçadinho” nas redes sociais com milhões de fãs, que urrariam de prazer a cada LACRADA ou SAMBADA do grande Sith.

1. E finalmente: todas as críticas a Darth Vader seriam retratadas como recalque e ressentimento contra o pobre menino, ex-escravo, que saiu das areias de Tatooine para o alto escalão do Império Galáctico.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Exclusivas

Brasil e Inglaterra escalam camundongo e abelha em nova disputa


Esqueçam Beckham e Ronaldo – um camundongo de camisa xadrez e uma abelha com cabeça de leão são os novos campeões de Brasil e Inglaterra numa disputa entre as nações,  travando uma corrida pescoço-a-pescoço. Os personagens, frutos da imaginação de uma menina brasileira e outra inglesa, respectivamente, são as propostas mais competitivas na categoria feminina do concurso infantil de design de camisetas promovido por Stella McCartney (sim, filha do homem). O tema é “animais imaginários”.

Stella, que é designer de moda, usará o desenho mais votado em cada categoria (menino e menina) como “inspiração” para suas próximas camisetas infantis.

Cada candidata ganhou uma página pública de apoio no Facebook – qualquer pessoa pode se juntar a uma delas, não precisa conhecer as jovens designers: a brasileira Ana Letícia, de 6 anos, e a inglesa Eve, de 5. Os votos de verdade, porém, são feitos na página do concurso.

Quando os dois desenhos se consolidaram como os mais votados, a disputa ganhou tons nacionalistas. Um dos motes da campanha do camundongo é “Vamos mostrar as cores do Brasil!”. Outros membros clamam “faca na abelha!”. Do outro lado do Atlântico, o mesmo fenômeno: “Almost neck and neck with Brazil (AKA Rainbow Mouse)”, diz a página. Quer dizer, o país vem antes do desenho. Uma apoiadora escreve: “we are all behind you here in Spain”, como que prometendo uma coalizão bilateral europeia. Outro desafia: “Bring it on Rainbow Mouse!”. Armou-se uma “operação” com tons militares: “We are neck and neck in the competition with Brazil’s entry (…) and we can make Operation Beelion a success!”.

No momento desta escrita, o camundongo brasileiro tem 1.382 votos contra 1.271 do abeleão inglês, mas como as urnas ficam abertas até 2 de maio, muita coisa pode mudar. Para votar, é preciso ter uma conta no Facebook.

4 Comentários

Arquivado em Exclusivas, Notícias