Arquivo da tag: Dilma Rousseff

Blattermãe muda mais

blatterNÃO PODEMOS CRIMINALIZAR o futebol.

As suspeitas que recaem sobre a FIFA são história antiga, coisa que é feita sistematicamente no esporte. Denúncias requentadas não podem manchar o grande legado construído por Blattermãe, divo, poderoso, rainho. Por exemplo, a Copa das Copas.

Alguém por acaso bebe propina? Eu não bebo. E enquanto o caso ganha essa repercussão toda, ninguém fala de um certo príncipe por aí…

Hoje as urnas decidiram: Blatter de novo com a força do povo. E se reclamar, é Ricardo Teixeira em 2018!

A verdade é que a classe coxinha, o andar de cima, não suporta o fato de que hoje o filho do pobre também tem troféu. Na época dos tucanos, Corinthians e Galo não tinham Libertadores… agora têm. É isso que a raivosa classe palmeirense, são-paulina e cruzeirense não pode aceitar.

Ora, se é pra investigar, que se investiguem todas as Copas! Desde 1930! E é preciso lembrar: suspeitas recaem sobre uns e outros, mas isso não quer dizer que a FIFA em si seja corrupta. Afinal, nunca se investigou tanto a corrupção!

Com efeito, como disse um amigo, “não se pode criminalizar a cartolagem por erros isolados de indivíduos”. Erros não: malfeitos. Possíveis malfeitos. Ainda não comprovados.

Tenho certeza de que, nesse novo mandato, Blatter Coração Valente vai Mudar Mais.

Mandato Novo, Ideias Novas!

Pirilililililili….

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Exclusivas

Sim, Dilma nos representa

Com grande poder…

Meu nome é Cedê Silva e Dilma Rousseff me representa.

Não votei nela. Não votarei nela. Não avalio bem sua administração. À parte isso, sei que vivo numa democracia representativa.

Em qualquer regime existem vencedores. Só na democracia existe espaço também para os que perdem. Não é a ideia que predomina na atual discussão pública. Uma das frases que mais pipocaram nas timelines no ano passado, ainda muito viva nestes tempos pré-eleição, é “fulano não me representa”. Devo informá-los de que fulano te representa sim. Reside aí a grande responsabilidade do cargo: representar inclusive os que não votaram nele.

À esquerda e à direita leio quem sustente que vivemos em “tempos mimados”. É verdade. Uns criticam o Bolsa Família, outros criticam quem critica o Bolsa Família mas estuda em universidade pública, todos criticam os rebeldes ou reacinhas criados com leite achocolatado que nunca enfrentaram dificuldade na vida, etc. É a turma que toma a bola quando seu time toma muitos gols, que larga o controle ao começar a perder no videogame. Vivemos também tempos mimados – mimadíssimos – na política. Sua maior manifestação é o “fulano não me representa”. Afinal, eu não votei nele, esse jogo eu perdi, então não quero jogar! Abster-se de responsabilidade pelo político, porém, equivale a conceder-lhe licença para nos desprezar por completo. Afinal, se já damos de barato que ele não nos representa, por que ele deveria se esforçar em fazê-lo?

Hoje é o primeiro dia de setembro e também segunda-feira. Me parece um bom dia para recomeços. Retomo hoje este blog para publicar alguns apontamentos sobre coisas em que venho pensando há bom tempo. Uma delas é esta: Dilma me representa. Eu preferiria que fosse outra pessoa. Mas vivo numa democracia representativa, que se distingue justamente por ter representantes que trabalham para todos. Não pretendo representar ninguém, mas adorarei conversar com todos os meus leitores. Adiante.

2 Comentários

Arquivado em Curtas

Negando o inegável

No Estadão:

Um locutor [do programa eleitoral de Dilma] vai dizer que o País não corre mais o risco de ter um apagão na energia elétrica, como ocorreu em 2001 e 2002, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Para a propaganda de Dilma Rousseff, com Lula e a candidata, esse tipo de ameaça não existe mais.

Uai, e o apagão de 2009, de Itaipu? E o apagão deste ano no Norte e Nordeste?

1 comentário

Arquivado em Curtas, Exclusivas

A honestidade de Marcelo Branco

Demonstrada apenas com imagens.

Exhibit A:

Exhibit B:

Sem mais, Meritíssimo.

Deixe um comentário

Arquivado em Curtas

Vantagem de Serra “cai” de 4 para 5

Folha em 28 de fevereiro, pesquisa Datafolha:

C

Vantagem caiu para 4 pontos.

Folha hoje, pesquisa CNI/Ibope:

Era 4, diminuiu pra 5

Em fevereiro, a vantagem de Serra CAIU para 4 pontos.

Agora CAIU de novo… para 5!

Tá certo que os institutos de pesquisa são diferentes. Ma(i)s cuidado com as manchetes!

2 Comentários

Arquivado em Exclusivas

Só pesquisas furadas aproximam Dilma de Serra

O excelente blog¹ Coturno Noturno deu o furo na grande imprensa, e devido à importância do fato, merece ser reproduzido aqui. São revelações escandalosas sobre duas pesquisas eleitorais recentes, que nada tem de misteriosas – qualquer um pode checar os documentos no site do TSE, como este blog mesmo apurou.

1) PESQUISA VOX POPULI, 19/01/2010 (clique para acessar todos os dados no site do TSE)

Em muitas pesquisas de opinião, o entrevistador não lê uma lista de opções para o entrevistado, para que a ordem delas não influencie. Em vez disso, mostra um disco. Pois bem, como mostrou o Coturno Noturno, olhem as opções que os entrevistados tinham!

Clique para ampliar

É isto mesmo, eles podiam escolher Arres Ésoj, do BDSP!

O disco não é falsificação de Internet. Baixem vocês mesmos o arquivo no site do TSE e confiram na página 9.

2) PESQUISA INSTITUTO SENSUS, 26/01/2010 (clique para acessar todos os dados no site do TSE)

O blog do coronel questiona a rapidez incrível desta pesquisa, que agregou milhares de questionários em um único fim de semana. Eu acrescento um outro detalhe. Um dos itens contém três listas de candidatos. Dilma aparece nas três, mas Serra somente em duas. Não há uma quarta lista com Serra e sem Dilma. Confiram:

Clique para ampliar

Vejam com seus próprios olhos baixando o arquivo no site do TSE e indo à página 2.

***

E depois de tudo isso ainda temos que agüentar notícias como esta, da supostamente reacionária VEJA.com:

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), e a pré-candidata do PT Dilma Rousseff, aparecem tecnicamente empatados na centésima pesquisa de intenções de votos do Instituto Sensus, realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta segunda-feira.

A diferença entre os candidatos está em 5,4% – dentro dos 3% da margem de erro, e praticamente a metade dos 10,1% de diferença que separavam os dois na última pesquisa CNT/Sensus, realizada em novembro. Nota deste blog: a notícia não informa que na pesquisa Dilma está em três listas para o 1º turno, mas Serra só em duas…

(…)

Para o técnico da Sensus, Ricardo Guedes, os dados da pesquisa mostram que Dilma “parece começar a extrapolar o limite de transferência de votos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva”. Ele explicou que o potencial de transferência do presidente é de aproximadamente 20%, mas Dilma já está superando esse patamar. “Ela caminha para a consolidação de sua candidatura.”

Deus querendo, Dilma consolida hoje sua candidatura, ou seja, pára de crescer. Mesmo que tenha crescido com uma forcinha, tanto dos técnicos quanto do jornalismo que apenas reproduz os resultados de pesquisas e entrevista esses técnicos.

***

¹ O nome é horrível, concordo.

3 Comentários

Arquivado em Exclusivas, Notícias