Arquivo da tag: Lula

Diretor atômico do Irã admite que quer a bomba

Deu no New York Times:

China supported the sanctions and on Thursday, Ali Akbar Salehi, the head of Iran’s Atomic Energy Organization, sharply criticized Beijing, saying Chinese support for the new measures would “affect its standing in the Muslim world.”

“There was a time when China called the United States a paper tiger,” he said. “I am perplexed that China accepted the resolution against Iran in the Security Council. What name does China deserve?” he asked, accusing China of “two-faced behavior” in its divergent policies toward the nuclear ambitions of North Korea and Iran.

Agora vamos analisar o argumento do diretor Ali Salehi:

– A China trata os programas da Coréia do Norte e do Irã de forma diferente;

– A China não deveria fazer isso;

– A Coréia do Norte quis a bomba e a testou em 2006;

– Logo…

rferl.org

Deixe um comentário

Arquivado em Exclusivas

4 motivos pelos quais Lula jamais será SG da ONU

purapolitica.com.br

1. Malvinas

Lula apóia a Argentina na questão das Malvinas. Não é um movimento esperto, considerando-se que o Reino Unido tem poder de veto sobre os candidatos a Secretário-Geral da ONU.

2. Irã

Lula apóia o programa nuclear do Irã, e até reconheceu as eleições no país em 2009 antes mesmo dos aiatolás. Para um candidato a SG, que em teoria deve ser mais discreto, não é boa pedida.

3. Francês

Lula não fala francês. Os franceses exigem que todo SG deve dominar o idioma – foi o que li na biografia Surrender is Not an Option, do diplomata americano John Bolton.

4. Reeleição, uai

Ban Ki-moon ainda tem direito a mais um mandato. Como o SG foi um africano por 15 anos seguidos (Ghali ficou 5, Annan ficou mais 10), não me parece que a Ásia vá abrir mão de ficar pelo menos dois mandatos também.

2 Comentários

Arquivado em Exclusivas

General Cerqueira e o “menino do MEP”

Viegas, leitor do blog do Reinaldo Azevedo, faz o seguinte comentário:

Com relação ao general [Raymundo Cerqueira], ele expôs sua opinião e para mim isto é honrado. Ele poderia ter dito “isto não me afeta”, “isto são procedimentos do Exército e eu como soldado os cumpro”. Mas não, ele foi honesto, coisa que os Petistas não entendem e têm dificuldade de aceitar uma posição contrária a sua, só é certo quem mente e quem pensa igual? Mostre-me o ministro de estado declarado homossexual? Quantos estão na cúpula do PT? Se existe são caricaturas ou são reservados? (Fonte)

Subscrevo, e adiciono uma sugestão. A saição (!) do armário deveria começar pelo chefe maior do PT – que o diga o menino do MEP!

AP Photo / Eduardo Di Baia

Deixe um comentário

Arquivado em Curtas

Programa de direitos humanos não inclui vida nem religião

na Folha, por Rafael Cariello:

O 3º Programa Nacional dos Direitos Humanos, qualificado por comandantes militares como “insultuoso, agressivo e revanchista” em relação às Forças Armadas, tem provocado também reações de descontentamento e críticas ao governo do presidente Lula em setores da Igreja Católica (…)

Os itens propõem ações coordenadas de governo para apoiar “a aprovação do projeto de lei que descriminaliza o aborto”, “mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos” (…)

Para os intelequituais que elaboraram o Plano, o direito à vida não é um “direito humano”.

Eles também defendem o que chamo de laicismo positivo, a idéia besta de que não pode ter crucifixo nem árvore de Natal nos prédios públicos.

Mas você não vai ver essa gente reclamando de símbolos de umbanda, candomblé ou do Islã em lugar nenhum.

***

Essa gente leu 1984 e entendeu que é um manual. Querem literalmente apagar a história, mudando os nomes de ruas!

Vão mudar o nome da Avenida Getúlio Vargas, aqui em BH? Afinal, ele também foi um ditador.

Sugiro mudarem para Avenida Manuel Zelaya. Ou talvez Avenida Hugo Chávez.

***

O entendimento dos intelequituais de esquerda sobre o Direito é engraçado também. Consiste em queimar a Lei da Anistia, mas somente para os militares! Os terroristas da VPR e do MR-8, que afinal estão no poder, “não são gente comum” e não precisam ser julgados. Como Sarney.

Mas Sarney aqui leva vantagem. Apesar de tudo, nunca foi terrorista.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias